+A-A

Ônibus Movidos a Biocombustível

Curitibaé a primeira cidade da América Latina a ter ônibus urbano rodando só com biocombustível, sem mistura de diesel. Os seis, dos 14 primeiros ônibus a rodar 100% com biocombustível (B100) entraram em operação em 28 de agosto de 2009. Os resultados, um mês depois, surpreenderam até mesmo os coordenadores do projeto. Medições técnicas mostraram um índice de opacidade (emissão de fumaça) 25% menor e redução de 19% de óxido de nitrogênio e uma redução de 30% nas emissões de monóxido de carbono (CO).

Os ônibus foram fabricados por duas montadoras (Scânia e Volvo) especialmente para a Linha Verde. São Ônibus Euro III que fazem a queima completa do combustível. Cada ônibus faz, em média 200 km por dia na linha Pinheirinho-Carlos Gomes.

O combustível usado nestes seis ônibus é feito à base de soja e, por não ter mistura de óleo diesel, é definido pelos técnicos como B 100. Anteriormente, Curitiba já havia testado misturas de 5% e 20% de combustível orgânico, os chamados B05 e B20, experiências que levaram ao projeto do B100.

A empresa BSBios Indústria e Comércio de Biodiesel Brasil Sul S/A, sediada em Passo Fundo (RS), produz o combustível.

Medições técnicas mostraram um índice de opacidade (emissão de fumaça) 25% menor e redução de 19% de oxido de nitrogênio e uma redução de 30% nas emissões de monóxido de carbono (CO).